Acidentes de viação em Moçambique reduziram de 44 para 28 mas os óbitos aumentaram
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Intasse Sitoe  
Quarta, 26 Agosto 2015 08:34
Share/Save/Bookmark

A sinistralidade rodoviária continua sem freios nas estradas moçambicanas. O número de mortos passou de 26, entre 08 e 14 de Agosto em curso, para 35 entre 15 e 21 do mesmo mês. Porém, os feridos graves baixaram de 41 para 20 e os ligeiros de 40 para 28, entre os dois períodos. Os sinistros rodoviários também registaram um decréscimo, de 44 para 37; todavia, mais gente faleceu.

Dos 44 incidentes registados na semana antepassada, os atropelamentos, com 21 casos, lideravam a lista da tragédia. Na última semana, 17 indivíduos foram abalroados por veículos, enquanto os despistes e capotamento passaram de seis para 10, segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM).

Dos acidentes de viação em alusão figuram também o habitual excesso de velocidade, o cruzamento irregular de viaturas, a má travessia de peão aliada à falta de responsabilidade por parte dos condutores, as ultrapassagens irregulares e a condução em estado de embriaguez.

Os 28 sinistros que resultaram em 37 óbitos resultaram igualmente de choques entre veículos, embates entre carro e motorizada, choque contra obstáculo fixo e queda de passageiros.

Com vista a inverter este mal, foram fiscalizadas 33.564 viaturas, das quais 200 apreendidas por diversas irregularidades e passados 5.587 avisos de multa aos infractores.

Ainda no âmbito do combate aos acidentes de viação, as autoridades policiais autuaram 340 automobilistas, alguns doa quais surpreendidos a conduzir sob o efeito do álcool e 12 foram detidos por condução ilegal.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom