Sinistralidade rodoviária mata 18 pessoas e fere dezenas em Moçambique
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  
Sexta, 04 Agosto 2017 08:31
Share/Save/Bookmark

Dezoito indivíduos morreram e outros 86 contraíram ferimentos, das quais 31 com gravidade, em resultado de 26 acidentes de viação, ocorridos semana passada, nas estradas moçambicanas, informou a Polícia.

Os atropelamentos, com 10 casos, foram os tipos de sinistros mais registados, originados pelo excesso de velocidade, segundo Cláudio Langa, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Dos referidos atropelamentos, pelo menos cinco tiveram como consequência a má travessia do peão.

No que tange à fiscalização rodoviária, a Polícia de Trânsito (PT) abrangeu 49.075 viaturas. Destas, 6.882 automobilistas foram autuados por alegada violação das regras de condução.

Na mesma operação, a Polícia apreendeu mais 492 cartas de condução, porque os seus titulares se faziam ao volante sob o efeito de álcool.

Segundo Cláudio Langa, que falava à imprensa no habitual briefing semanal, 25 cidadãos foram presos por condução ilegal. A Polícia disse ainda que recuperou diversos bens e dinheiro roubados em diferentes pontos do país.

Relativamente à proliferação de armas de fogo em mãos alheias, a PRM confiscou 14, sendo sete pistolas, um mauser e seis caçadeiras, bem como 49 munições, das quais 46 de pistolas.

O porta-voz do Comando-Geral fez saber também que recuperou um cano de morteiro de 82 milímetro.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom