Autocarro despista-se e causa a morte de 12 pessoas em Inhambane
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  
Segunda, 04 Setembro 2017 07:35
Share/Save/Bookmark

Doze pessoas morreram e outras 42 contraíram ferimentos neste domingo(03) na província de Inhambane quando o autocarro em que viajavam despistou-se, embateu em árvores na berma da Estrada Nacional nº1 e em seguida incendiou-se.

A viatura, da empresa de transporte de passageiro Nhancale, era proveniente da cidade de Maputo e tinha como destino a vila de Nova de Mambone, em Govuro e terá despistado-se na sequência do rebentamento de um dos pneus frontais na região de Devessa, a 12 quilómetros a sul da vila de Quissico, no distrito de Zavala.

O comandante da Polícia da República de Moçambique em Zavala, Joaquim Nguila, indicou ao jornal Notícias que onze vítimas pereceram no local e os seus corpos ficaram carbonizados, o que dificulta a sua identificação e por isso as autoridades do distrito de Zavala apelaram aos residentes do Centro e Norte de Inhambane que eventualmente tenham familiares de viagem para que procurem informações caso estes não tenham chegado ao destino até ao princípio da noite de domingo.

O autocarro sinistrado, de marca You-Tong, com chapa de inscrição ADD763 MC, ficou reduzido a cinzas devido à violência das chamas, que dificultaram o salvamento dos passageiros. Os que conseguiram sair do veículo em chamas o fizeram através das janelas.

Alguns feridos foram transportados para o hospital distrital de Zavala e outros para o hospital provincial de Inhambane.

Este é o terceiro acidente mortal este ano, na província de Inhambane, envolvendo um autocarro de transporte de passageiros. Em Agosto seis pessoas morreram no distrito de Vilanculo e 28 ficaram feridas. Em Abril 15 pessoas pereceram em outro acidente na localidade de Mavanza, no mesmo distrito.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 05 Setembro 2017 07:50
 
Avaliação: / 2
FracoBom