Acidentes de viação matam 14 pessoas nas estradas moçambicanas
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Emildo Sambo  
Sexta, 18 Maio 2018 08:04
Share/Save/Bookmark

Catorze pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas, 13 das quais com gravidade, em consequência de 25 acidentes de viação que provocaram também avultados danos materiais, de 05 a 11 de Maio corrente, disse o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), frisando que 70% dos condutores envolvidos nesta tragédia foram encartados há menos de dois anos.

O número de sinistros e de vítimas reduziu, comparativamente a igual período do ano passado, mas a inquietação persiste, segundo Inácio Dina, porta-voz daquela instituição do Estado.

“A morte, mesmo se fosse uma pessoa, continua a ser uma grande preocupação das autoridades policiais”, disse o agente da lei e ordem e revelou que “70% dos condutores que se envolveram em acidentes de viação obtiveram as suas cartas de condução há menos de dois anos”.

Quinze, dos 25 sinistros em alusão, foram do tipo atropelamento carro/peão, cinco choques entre carros, dois despistes e capotamento, igual número de colisão carro/motorizada e um caso de queda de passageiro.

Ainda dos 25 sinistros, 13 resultaram dos excesso de velocidade, seis por má travessia do peão, dois da condução em estado de embriaguez, igual número por deficiências mecânicas, entre outras causas.

Durante a fiscalização, oito automobilistas foram detidos por alegada tentativa de condução aos agentes da Polícia de Trânsito (PT), com montantes que variam de 50 a 1.600 meticais.

Numa outra operação, a corporação confiscou 376 cartas de condução devido a várias irregularidades e recolheu sete automobilistas aos calabouços por suposta condução ilegal.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom