Acidentes de viação voltam a matar e ferir nas estradas moçambicanas
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  
Sexta, 03 Agosto 2018 07:54
Share/Save/Bookmark

Vinte e uma pessoas perderam a vida e outras 46 ficaram grave e ligeiramente magoadas, devido a 31 acidentes de viação, ocorridos entre os dias 21 e 27 de Julho passado, em algumas estradas moçambicanas.

O Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) diz que registou 30 sinistros rodoviários, dos quais nove atropelamentos, oito despistes e capotamento, seis choques entre carros, entre outros.

O excesso de velocidade, a condução em estado de embriaguez, a má travessia de peões, o corte de prioridade, a ultrapassagem irregularidade e o trânsito fora da mão são consideradas as principais causas da sinistralidade a que nos referimos.

Um comunicado daquela instituição do Estado refere ainda 11 indivíduos foram detidos por condução ilegal e 15 automobilistas devido à suposta tentativa de suborno à Polícia de Trânsito (PT).

Ao todo, a corporação deteve, no período em alusão, 1.270 cidadãos, sendo 1.037 por violação de fronteiras, 225 por prática de crimes considerados comuns e oito por imigração ilegal, segundo ao documento que temos vindo a citar.

Numa outra operação, que visava a manutenção da ordem e tranquilidade públicas, a PRM, deteve e recuperou pelo menos oito indivíduos, iniciados de posse de armas proibidas.

Na posse dos visados, foram confiscadas seis armas de fogo, na capital do país e nas províncias de Maputo, Gaza, Inhambane, Zambézia e Cabo Delgado.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom