Acidentes de viação matam 21 pessoas e ferem 55 numa semana em Moçambique
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  
Quarta, 26 Setembro 2018 09:04
Share/Save/Bookmark

Pelo menos 21 pessoas morreram vítimas de carros e outras 55 ficaram feridas, 21 das quais em estado grave, na semana passada, no país, informou a Polícia da República de Moçambique (PRM).

Dos 21 sinistros rodoviários registados no período em alusão, nove foram do tipo atropelamento, três despistes e capotamento e quatro choques entre carros.

O excesso de velocidade, a condução em estado de embriagues e a má travessia de peões foram as principais causa da tragédia, disse o Comando-Geral da PRM. Ainda de acordo a corporação, 64 condutores foram detidos por se fazerem ao volante sem as habilitações necessárias para o efeito e outros 10 por suposta tentativa de suborno aos agentes da Polícia de Trânsito (PT).

Numa outra operação, a Polícia apreendeu sete armas de fogo, das quais duas do tipo AK-47, igual número de pistolas e três caçadeiras, nas províncias de Inhambane, Sofala, Manica, Zambézia, Nampula e Niassa. Em Inhambane, por exemplo, algumas armas foram apreendidas durante uma inspecção a um autocarro.

O suposto dono, de 40 anos de idade, ficou privado de liberdade. Refira-se que, na última semana, o comandante-geral da PRM, Bernardino Rafael, afirmou que as armas de fogo que pululam em mãos alheias e usadas para o cometimento de vários crimes provêm da Polícia e da vizinha África do Sul.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sexta, 28 Setembro 2018 08:02
 
Avaliação: / 0
FracoBom