Acidentes de viação fazem 18 mortos e 27 feridos numa semana em Moçambique
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  
Quarta, 06 Fevereiro 2019 07:28
Share/Save/Bookmark

Em sete dias, pelo menos 18 pessoas morreram e outras 27 contraíram ferimentos graves e ligeiros, em resultado de 24 acidentes de viação, ocorridos em algumas estradas do país, disse o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Dos 27 feridos, 22 são considerados graves, mas não foram avançados pormenores sobre as vítimas, bem como não houve precisão relativamente aos locais onde os sinistros aconteceram.

No período em alusão [26 de Janeiro a 01 de Fevereiro], as autoridades registaram 13 atropelamentos, um dos factores na origem das sequelas que afectam algumas vítimas envolvidas em acidentes de carros.

O excesso de velocidade foi a principal causa do derramamento de sangue, segundo um comunicado enviado ao @Verdade, por aquela instituição do Estado.

Durante a fiscalização, que em parte visava a redução do índice de sinistralidade rodoviária, a Polícia de Trânsito (PT) deteve 15 supostos condutores ilegais e outros 12 por alegada tentativa de suborno com vista a escaparem das multas que lhes foram aplicados.

Enquanto isso, nesta terça-feira (05), três cidadãos perderam a vida e outros 22 ficaram graves e ligeiramente feridos, em consequência de um acidente de viação, ocorrido no distrito do Ile, na província da Zambézia.

De acordo com a PRM, o sinistro aconteceu numa estrada que liga os distritos do Ile e do Gurúè.

Sidner Lonzo, porta-voz do Comando Provincial da PRM, naquela parcela do país, disse que a desgraça se deveu ao excesso de velocidade.

Ele apelou para uma condução com prudência no sentido de evitar a dor e o luto nas famílias.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sexta, 08 Fevereiro 2019 08:06
 
Avaliação: / 0
FracoBom