Secretários dos bairros envolvidos em esquema de extorsão em Nampula
Destaques - Nacional
Escrito por Redação Nampula  
Sábado, 19 Julho 2014 13:25
Share/Save/Bookmark

Dois secretários de bairros, Juma Ali e Olívio de Sousa Mate, são indiciados de crime de extorsão a 140 moradores do posto administrativo municipal de Natikiri, arredores da cidade de Nampula.

Juma Ali, secretário do quarteirão 17, no bairro de Murrapaniua 2, confirmou ter cobrado mais de 5.700 meticais aos moradores daquela zona residencial, supostamente para suportar as despesas de alimentação de um grupo de técnicos da empresa Electricidade de Moçambique (EDM) envolvido no projecto de extensão da rede de energia eléctrica naquela zona. Olívio Mate, chefe da unidade comunal de Terrane A, também confessou o seu envolvimento no esquema de extorsão a um número não especificado de famílias.

Os moradores também acusam a EDM de extorquir a população. Porém, o director da Área de Serviço ao Cliente da EDM, em Nampula, Hermínio Abrão Lucas, negou o envolvimento da instituição nesse tipo de actos. "Não constitui verdade a acusação feita contra a EDM. Toda cobrança que fazemos, damos um recibo como justificativo”, disse.

As vítimas daquela prática ilícita condenam a atitude dos seus dirigentes que, no lugar de atenderem as preocupações das populações, se envolvem em esquemas de corrupção. Na opinião de Abílio Mualeque, residente do bairro de Murrapaniua 2, os secretários fazem parte de uma rede de indivíduos que passam a vida a burlar os cidadãos, sobretudo, os clientes do FIPAG e da EDM, a nível da cidade de Nampula.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom