Alegados membros do MDM indiciados no crime de furto em Nampula
Destaques - Nacional
Escrito por Redação Nampula  
Terça, 22 Julho 2014 12:49
Share/Save/Bookmark

Vinte e dois indivíduos, alegdamente membros do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), poderão responder em instâncias judiciais, indiciados de crime de furto qualificado e vandalização da sede da Direcção Social de Mutauanha, arredores da cidade de Nampula. Alguns dos indiciados foram notificados, esta segunda-feira (21), pela Polícia de Investigação Criminal (PIC) para as primeiras audições.

Miguel Juma Bartolomeu, chefe das Relações Públicas no Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique disse que se trata de indivíduos que, nos princípios do mês curso, destruíram, parcialmente, as instalações daquela sede social, apoderando-se, de todos os bens que se encontravam no seu interior, numa acção de disputa do espaço governativo, entre a Frelimo e o MDM.

Os indiciados negam o seu envolvimento no crime, mas a polícia diz ter sido notificada pelo antigo secretário do bairro, depois das escaramuças. Este é o segundo caso de alegada vandalização das sedes sociais, em menos de dois meses, envolvendo os membros das duas formações políticas, na cidade de Nampula. O primeiro incidente, por sinal, o mais violento, ocorreu em Março, e alguns dos indiciados foram conduzidos ao Ministério Público.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom