Filhos vendem casa e deixam os pais ao relento em Nampula
Destaques - Nacional
Escrito por Redação Nampula  
Terça, 19 Agosto 2014 15:55
Share/Save/Bookmark

Dois irmãos, nomeadamente, Acaisse Mussa Abdala e Juma Mussa Abdala, de 24 e 22 anos de idade, respectivamente, encontram-se em lugar incerto, depois de terem optado por vender a casa onde viviam na companhia da família, por 40 mil meticais, no quartearão 3, Unidade Comunal Marien Nguabi, posto administrativo de Muhala, arredores da cidade de Nampula.

Mussa Abdala, de 54 anos de idade, natural da província de Cabo Delgado e residente em Nampula desde 1998, vive ao relento, há duas semanas, com a sua esposa e os cinco filhos menores. Segundo apurou o @Verdade, os filhos venderam a casa no valor de 40 mil meticais, numa altura em que os pais se encontravam ausentes, em visita a um familiar que padece de uma enfermidade, algures no distrito costeiro de Quissanga, na província de Cabo Delgado.

A primeira audição ao secretário da unidade, identificado pelo simples nome de Asmi (quadro sénior do MDM), dito como responsável do negócio teve lugar, esta terça-feira (19), no Tribunal Comunitário de Muhala.

Em contacto com o @Verdade, Mussa Abdala mostrou-se preocupado não apenas com a atitude errada dos seus filhos, mas também o desaparecimento dos mesmos da cidade de Nampula. “Quando me apercebi de que a casa tinha sido vendida, arranjei os 40 mil meticais para recuperá-la, mas, infelizmente, o comprador disse que já tinha ocupado e não podia tomar outra decisão. O mais caricato, ainda é o facto de ele ter já destruído a casa, alegadamente, porque pretende edificar um novo empreendimento de raiz no local”, disse a o nosso interlocutor, visivelmente, constrangido.

Entretanto, o secretário da unidade diz não conhecer o paradeiro dos jovens, com os quais deve prestar depoimentos sobre o esquema deste ilícito negócio, facto que levou o tribunal a marcar a próxima sessão das audições para a próximo dia 26 de Agosto corrente.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom