Quarenta funcionários do Hospital Provincial de Quelimane exigem salários em atraso
Destaques - Nacional
Escrito por Redação Centro/ Norte  
Domingo, 21 Setembro 2014 17:23
Share/Save/Bookmark

Pelo menos 40 funcionários afectos a diversos sectores do Hospital Provincial de Quelimane, na província da Zambézia, estão de costas voltadas com a direcção daquela unidade sanitária devido à falta de pagamento dos seus ordenados referentes Agosto, Setembro, Outubro e Novembro de 2013.

Os trabalhadores em causa mostram-se preocupados com a situação por causa do suposto silêncio dos seus dirigentes, os quais são acusados de fazer ouvidos de mercador em relação ao assunto.

Segundo informações colhidas pelo @Verdade, alguns funcionários são ameaçados de expulsão quendo exigem a observância dos seus direitos ora infrigidos.

“Em Janeiro deste ano solicitámos um encontro com a directora do Hospital Provincial de Quelimane para que nos explicasse o que se passava em torno deste caso, mas ela ameaçou-nos dizendo que ia nos expulsar. Ficámos calados porque precisamos deste emprego”.

Os nossos interlocutores queixaram-se ainda do desconhecimento a tabela salarial em vigor nos sectores a que estão afectos. De acordo com eles, nos contratos que eles assinaram este ano não constam os vencimentos a que têm direito, o que faz com que suspeitem de que haja um esquema com vista a roubar os seus honorários.

Aliás, consta que certos funcionários da mesma categoria auferem salários diferentes que variam de 2.500 a 3.500 meticais, abaixo do salário mínimo em vigor em Moçambique.

Por seu turno, a directora do Hospital Provincial de Quelimane, Virgínia Saldanha, exaltou-se quando foi confrontada com este assunto e ameaçou mover um processo judicial contra o nosso jornalista caso esta informação fosse publicada.

Depois de tanto nervosismo, à toa, Virgínia Saldanha acalmou-se e admitiu que o problema de que os seus colegas se queixam é do seu conhecimento. Sem avançar datas, ela disse que os visados serão pagos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom