Denúncias de violência doméstica reduziram em Moçambique
Destaques - Nacional
Escrito por Redação  
Segunda, 30 Setembro 2019 23:21
Share/Save/Bookmark

As denúncias de violência doméstica reduziram em Moçambique, “ao passar de 9,4 em 2015 para 8,5 em 2017” de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE) que destacou a Província de Maputo como aquela onde se registaram mais casos de violência entre adultos e também contra crianças.

“Em média cerca de 9 pessoas em cada 10 mil, foram vítimas de algum tipo de violência no país, com tendência decrescente ao passar de 9,4 em 2015 para 8,5 em 2017”, revelam as Estatísticas de Violência Doméstica publicadas esta semana pelo INE.

Instituto Nacional de Estatística 2018

O documento indica que “o número de casos reportados às autoridades policiais em crianças com idade de 0 aos 17 anos reduziu em 11,5 por cento e em 14,3 por cento de 2016 para 2018 e de 2017 para 2018, respectivamente. Entre adultos de 17 anos e mais, no mesmo período registou-se um aumento em mais de 2 mil casos, ao passar de 16 197 para 18 306, respectivamente”.

O INE destacou as províncias de Maputo, Maputo Cidade, Nampula e Sofala como as que tiveram “mais casos de violência entre adultos, acima de 2 mil, enquanto Cabo Delgado e Niassa com menos casos, sendo de 771 e 890, respectivamente. Entre crianças, destacaram-se com mais casos as províncias de Maputo, Sofala e Manica com 1318, 1217 e 928, respectivamente”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom