Concessionário da Circular deverá reparar barreira de protecção da costa de Maputo
Destaques - Nacional
Escrito por Adérito Caldeira  
Terça, 19 Novembro 2019 18:25
Share/Save/Bookmark

O ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Machatine, revelou ao @Verdade que a reparação das secções da protecção costeira da marginal de Maputo danificadas há pouco mais de um mês serão reparadas pela empresa que vai cobrar portagens na Circular da capital de Moçambique.

Edificada a cerca de 5 anos por consórcio egípcio e português denominado RME / MCA Limitada a barreira de protecção da costa de Maputo não resistiu as marés vivas e ao mau tempo do início da época chuvosa no nosso país. Algumas secções ruíram e outras estão na iminência de caírem.

Ao @Verdade o Presidente do Conselho Autárquico da Cidade de Maputo disse que não existe nenhuma garantia de manutenção por parte do consórcio que embolsou os 22 milhões de dólares. Eneas Comiche explicou que o Município não tem dinheiro para a reparação e que articulou com o Governo para a reabilitação.

Questionado pelo @Verdade o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos revelou que a reparação será feita pela empresa que vai cobrar portagens na Estrada Circular de Maputo.

“Há um trabalho que está sendo feito de concessionar a Circular, as estradas em Moçambique de um modo geral, o concessário é que irá intervir”, afirmou João Machatine.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom