Milhares de desalojados em Cabo Delgado onde nove distritos estão isolados; Governo decreta Alerta Laranja
Destaques - Nacional
Escrito por Redação  
Sábado, 28 Dezembro 2019 19:52
Share/Save/Bookmark

O Governo decretou na tarde deste sábado (28) "o Alerta Laranja para todas as províncias do nosso país" devido ao aproximar do pico da época chuvosa que nos últimos dias causou a destruição de milhares de habitações, desalojando pelo menos 2.600 pessoas na Província de Cabo Delgado onde nove distritos estão isolados devido a queda da ponte sobre o rio Montepuêz e a subida do caudal nas bacias do Messalo e Megaruma condiciona o trânsito rodoviários entre seis outros distritos.

"Nas últimas 24 horas houve registo de chuva fraca a muito forte na região Norte do país, destacando-se as bacias dos rios Messalo em Nairoto (143.0), Montepuêz em Mecuia (129.0mm), Montepuêz (57.8mm), Megaruma em Megaruma (70.6mm), Cidade de Pemba (20.4mm), Rovuma em Lussanhando (28.9mm), Mavago (37.4mm), Lúrio em Namapa (49.0mm), Ligonha em Murupula (21.4mm) Na região Norte, as bacias do Messalo em Nairoto, Montepuêz em Moja e Megaruma em Megaruma, devido a chuva intensa, registam aumento do volume de escoamento tendo atingido o nível de alerta causando interupção rodoviária entre os postos Administrativos de Mirate-Nairoto e Ancuabe -Quissanga. As bacias do Meluli em Nametil e Lúrio em Namapa registam oscilações de níveis com tendência a subir mantendo-se abaixo do nível de alerta", indica a Direcção Nacional de Gestão dos Recursos Hídricos (DNGRH).

No boletim hidrológico deste sábado (28) a DNGRH prevê que: "Face às previsões meteorológicas e a situação hidrológica prevalecente, para as próximas 72 horas prevê-se que na bacia do Muaguide, Rovuma, Mecuburi e Licungo registem subida de nível hidrométrico podendo atingir o alerta. As bacias do Messalo em Nairoto e Megaruma poderão manter-se acima do nível de alerta condicionando a transitabilidade rodoviária entre Nairoto e Mirate, Ancuabe e Quissanga".

Entretanto na manhã deste sábado a ponte sobre o rio Montepuêz, que liga o Centro e o Norte da Província de Cabo Delgado, cedeu à força da água e deixou sitiados os distritos de Macomia, Mueda, Muidumbe, Nangade, Palma, Mocímboa da Praia, Quissanga, Meluco e Ibo.

Na Cidade de Pemba prevalecem as cheias em quase todos os bairros suburbanos.

Face a esta situação e com o aproximar do pico da época chuvosa o Conselho Técnico de Gestão de Calamidades (CTGC), em sessão extraordinária na Cidade de Maputo, dirigida pelo primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, decretou o Alerta Laranja para todas as províncias do nosso país para que todas instituições estejam em prontidão.

Recorde-se que o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) está a operar o Plano de Contingências para a época chuvosa 2019 - 2020 com défice porque o Governo de Filipe Nyusi disponibilizou apenas 300 milhões de Meticais dos 2,1 biliões que são necessários para garantir a segurança dos moçambicanos às chuvas, seca e ciclones que poderão fustigar o nosso país até Março próximo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom