Desvio alternativo no rio Montepuez submerge após a vista do Presidente Nyusi
Destaques - Nacional
Escrito por Adérito Caldeira  
Segunda, 27 Janeiro 2020 23:17
Share/Save/Bookmark

Um dia após o Presidente da República visitar a passagem alternativa edificada sobre o rio Montepuez, devido a queda da ponte em Dezembro, a infra-estrutura ficou submersa. Entretanto continuam por chegar à Província de Cabo Delgado as pontes metálicas móveis compradas pelo Governo para serem “solução” de transitabilidade durante a época chuvosa.

Continuam isolados por via rodoviária do resto da província os distritos de Macomia, Mueda, Muidumbe, Nangade, Palma, Mocímboa da Praia, Quissanga, Meluco e Ibo devido ao desabamento de uma secção da ponte sobre o rio Montepuez no passado dia 28 de Dezembro.

A solução governamental para repor a transitabilidade foi a construção de uma passagem alternativa que permitisse o trânsito de viaturas até 10 toneladas, ao lado da ponte desabada. Durante o fim-de-semana a infra-estrutura provisória já permitia a travessia de peões, bicicletas e motociclos e foi visitada pelo Chefe de Estado moçambicano.

No entanto nesta segunda-feira (27) as águas do rio Montepuez voltaram a submergir a infra-estrutura que consiste na colocação de duas pontecas metálicas curtas sobre amontoados de pedras e entulho.

Entretanto ainda não chegaram a Província de Cabo Delgado as pontes metálicas móveis, de 45 e 75 metros por 5 de largura, compradas pelo Governo para serem “solução” de transitabilidade durante a época chuvosa.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom