PIB de Moçambique em 2019 ficou-se pelos 2,2 por cento, o mais baixo desde 2000
Destaques - Nacional
Escrito por Adérito Caldeira  
Quarta, 12 Fevereiro 2020 22:26
Share/Save/Bookmark

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou nesta quarta-feira (12) as Contas Nacional do IV Trimestre do ano passado que indicam que a economia cresceu 2,03 por cento o que revela que o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 ficou-se pelos 2,2 por cento, o mais baixo desde o ano 2000.

“O desempenho da actividade económica no quarto trimestre de 2019 é atribuído em primeiro lugar ao sector terciário que cresceu em 1,5 por cento, com maior destaque para o ramo de serviços financeiros com crescimento na ordem de 5,6 por cento, seguido dos ramos de Transportes, Armazenagem, Actividades auxiliares dos transportes, Informação e Comunicações com um crescimento na ordem de 3,17 por cento”, refere a publicação do INE.

Nas Contas Nacional do IV Trimestre: “Ocupa a segunda posição o sector primário com um crescimento de 0,72 por cento, sendo que contribuíram para tal, o ramo da Pesca com 4,1 por cento, coadjuvado pelos os ramos da Agricultura, Pecuária, Caça, Silvicultura, Exploração florestal e Actividades relacionadas registaram um crescimento na ordem de 1,4 por cento”.

“O sector secundário teve um comportamento contrário, registando um descréscimo na ordem de -0,87 por cento, induzido pela indústria transformadora que registou um decréscimo na ordem de -2,6 por cento”, indica ainda a publicação Instituto Nacional de Estatística.

Contas Nacionais, Instituto Nacional de Estatística

Somando os PIB dos quatro trimestres do ano passado o @Verdade apurou que o crescimento económico global foi de apenas 2,21 por cento, abaixo dos 2,5 projectados pelo Governo de Filipe Nyusi após os ciclones Idai e Kenneth.

Foi o crescimento económico mais baixo das duas últimas décadas, é preciso recuar ao ano 2000 para encontrar um Produto Interno Bruto mais baixo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom