Cambine: Nostálgico e sombrio
Destaques - Nacional
Escrito por Alexandre Chaúque   
Quinta, 12 Junho 2014 15:23

A última vez que visitámos Cambine foi entre os finais da década de 60 e princípios de 70, numa altura em que havia muito entusiasmo na juventude da Igreja Metodista Unida de Moçambique. Aquele lugar, por onde passou e estudou Eduardo Mondlane, funcionava como um centro das atenções de toda a congregação. Nos finais de cada ano havia uma conferência que juntava jovens, adultos e crianças, e ninguém queria perder o momento. Mais do que irem glorificar a Deus, os jovens, em particular, queriam estar num espaço privilegiado em termos paisagísticos, localizado fora do bulício das cidades. Era isso o que mais os movia. Queriam festejar a vida com a própria natureza. E é essa beleza que pretendíamos rever no último fim-de-semana, porém, o que me “recebeu” foi a própria desolação e o prenúncio de um futuro sombrio.

 
Início Anterior 81 Seguinte Final

Pág. 81 de 81