Autoridades de Gorongosa retiram seis mil deslocados no centro de Moçambique
Destaques - Newsflash
Escrito por Lusa  
Domingo, 10 Agosto 2014 13:12
Share/Save/Bookmark

As autoridades de Gorongosa vão desativar o centro de deslocados que mantinham no centro de Moçambique e devolver cerca de seis mil pessoas às suas zonas de origem, disse à Lusa fonte oficial.

O Governo e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, anunciaram na terça-feira um consenso, ao fim de 69 sessões de diálogo em Maputo, sobre a implementação do acordo sobre o desarmamento do movimento, observadores militares internacionais e de uma lei de amnistia, para despenalizar as ações decorrentes da crise político-militar que afeta o centro do país há mais de um ano.

"A população refugiada vai regressar às suas zonas de origem, embora alguns já tenham talhões definitivos em bairros de reassentamento. O Governo está a equacionar agora o apoio logístico para este processo", disse à Lusa Paulo Majacunene, administrador de Gorongosa.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom