Jovem morre após ser espancado em Nampula
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação Centro/ Norte  
Segunda, 15 Setembro 2014 17:05
Share/Save/Bookmark

Um cidadão que em vida respondia pelo nome de Geraldo Tomás Singana, de 22 anos de idade, estudante do curso de Geologias e Minas, no Instituto Politécnico, morador do bairro central, na cidade de Nampula, perdeu a vida no sábado (13), vítima de espancamento perpetrado por um grupo de indivíduos ainda a monte.

De acordo com Tomás Geraldo Singana, pai do finado, o seu filho teria saído de casa na tarde da última quinta-feira (12), alegadamente para se divertir com um grupo de amigos, tendo regressado à casa na manhã de sexta-feira.

No mesmo dia, o jovem começou a queixar-se de dores de cabeça e a família levou-o ao hospital. Segundo Singana, os exames médicos indicavam que o seu filho havia contraído hemorragia interna, facto que o conduziu à morte.

Curiosamente, o facto ainda não chegou às mãos da Polícia, alegadamente porque os familiares optam por uma investigação especial, sem o envolvimento das autoridades da Lei e Ordem.

Comentários   

 
0 #1 Kumakonde 16-09-2014 11:32
Primeiro desejo que o falecido descance em páz e para a família enlutada, muita forca na vida, apesar deste golpe inesquecível.
O crime aqui reportado, merece as medidas mais severas. Claro que a vida do jovem falecido nao pederá ser restituída. É porém de considerar que, Mocambique como a nacao, tem (temos) a obrigacao de proteger as vidas de todos os cidadaos deste país. Os assassinos devem ser identificados, conduzidos às autoridades e julgados de forma que, das maos sangentas deles nao possa sofrer mais uma outra pessoa no futuro. O RESPEITO DA VIDA HUMANA É A BASE DA NOSSA CULTURA. POR ISSO: ZERO TOLERÂNCIA Á TODOS AQUELES QUE NAO RESPEITAM ESTE PRINCÍPIO
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 15 Setembro 2014 18:02
 
Avaliação: / 0
FracoBom