Seis jovens e um adolescente detidos por roubos e porte de arma de fogo na província de Maputo
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 04 Novembro 2014 08:51
Share/Save/Bookmark

Dois cidadãos moçambicanos identificados pelos nomes de Mendes Manhiça e Monteiro Chamo, com idades compreendidas entre 20 e 26 anos, encontram-se a ver o sol aos quadradinhos acusados de roubo uma viatura com recurso a chaves falsas, a 31 de Outubro último, no município da Matola.

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) na província de Maputo, Emídio Mabunda, explicou que o caso se deu na Escola Secundaria da Zona Verde. Outro jovem de 25 anos de idade, de nome Justino Zucula, está também preso na Matola por roubo de cinco mil meticais, 150 rands e um telemóvel.

Para além deste grupo, três indivíduos que respondem pelos nomes de Rafael Pedro, de 16 anos de idade; Celestino Mucavel, de 19 anos de idade; e Fabião Langa, de 22 anos de idade, recolheram aos calabouços de uma das subunidades da corporação supostamente por assalto a uma residência no distrito de Marracuene, na província de Maputo, com recurso a instrumentos não contundentes, onde se apoderaram de diversos bens.

Outro jovem identificado pelo nome de Remifo Lourenço, de 31 anos de idade, está a contas com a Policia em consequência de ter sido encontrado na posse de duas armas de fogo do tipo pistola no terminal de “chapas” no bairro de Tchumene.

Sobre este crime, Emídio Mabunda disse que a detenção aconteceu a 30 de Outubro. De acordo com ele, este individuo fazia-se transportar numa viatura cuja matrícula não foi revelada com os seus comparsas. Estes puseram-se em fuga durante a perseguição com as autoridades da Lei e Ordem.

Num interrogatório, Remifo Lourenço confessou que o plano era o de assaltar uma empresa que estava prestes a pagar salários aos seus funcionários, de acordo com Mabunda.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 04 Novembro 2014 09:18
 
Avaliação: / 0
FracoBom