Tio mata sobrinho e fica impune em Nampula
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação Nampula  
Quarta, 12 Novembro 2014 14:01
Share/Save/Bookmark

Um cidadão que em vida respondia pelo nome de Valentim Horácio, de 22 anos de idade, estudante do segundo ano do curso de Geografia, na Universidade Pedagógica (UP), residente no bairro de Murrapaniua I, arredores da cidade de Nampula, morreu, na noite de domingo (09), vítima de espancamento perpetrado pelo seu tio, identificado pelo nome de Atanásio João, que está fora dos calabouços por alegadamente não haver matéria suficiente para a sua detenção.

A tragédia ocorreu logo após fortes discussões entre ambos. Segundo testemunhas, a vítima foi acusado de ter roubado uma motorizada do seu tio. Porém, as fontes disseram ao @Verdade que o filho do infractor é que teria levado aquele meio de transporte, sem o conhecimento do proprietário. Quando o finado chegou a casa, foi submetido à uma sessão de tortura, onde, além de Atanásio João ter usado instrumentos contundentes, amarrou o seu sobrinho numa árvore, de cabeça para baixo, e de seguida queimou-o com ferro de engomar.

Devido à gravidade da situação, Valentim Horácio foi evacuado imediatamente ao Hospital Central de Nampula (HCN), onde ficou internado por dois dias. Atanásio João nega as acusações que pesam sobre si, alegando que ele está a ser incriminado injustamente. Além disso, o mesmo garante que tem testemunhas que evidenciam a sua inocência.

A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula promete investigar a veracidade do caso e pronunciar-se-á oportunamente.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quarta, 12 Novembro 2014 15:09
 
Avaliação: / 0
FracoBom