Beira e Chimoio com restrição no fornecimento de energia eléctrica
Destaques - Newsflash
Escrito por AIM  
Sexta, 14 Novembro 2014 18:02
Share/Save/Bookmark

As cidades da Beira e Chimoio, capitais provinciais de Sofala e Manica, respectivamente, na região centro de Moçambique, enfrentam, desde quinta-feira, restrições no fornecimento de energia eléctrica devido a uma avaria registada num dos grupos geradores da barragem de Mavúzi. A avaria que resultou na fuga de água, que ameaça inundar a central, ocorreu numa altura em que se acabava de paralisar a central de Chicamba para dar lugar a inspecção do equipamento, no âmbito das obras de reabilitação destas duas fontes de produção de electricidade.

As restrições impostas pela avaria de Mavúzi, localizada no distrito de Sussundenga, em Manica, vieram a agravar o cenário na medida em que já havia um programa de reduzir o volume da corrente disponibilizada aos consumidores devido à paralisação alternada das duas centrais.

Durante os dois dias, Mavúzi é que devia assegurar o fornecimento de energia às duas províncias, contando com o reforço da subestação de Chibata, alimentada pela Hidroeléctrica de Cahora Bassa, nas noites, período de pico de consumo, esperava-se restrições em alguns grandes consumidores. Este facto acabou ocorrendo, quinta-feira, devido a paralisação de um grupo gerador com capacidade para gerar 10 megawatts, que reduziu os níveis de geração de energia de Mavúzi para apelas 15 MW.

O fornecimento de energia com normalidade só deverá retomado no dia 17, uma vez que terminados os trabalhos que ditaram a paralisação de Chicamba será a vez de se desligar a central de Mavúzi para a inspecção hidráulica na respectiva ponte açude marcada para os próximos dias 15 e 16.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom