Supostos assaltantes morrem numa troca de tiros com a Polícia e um detido por tráfico de cocaína em Maputo
Destaques - Newsflash
Escrito por Intasse Sitoe  
Terça, 23 Junho 2015 07:39
Share/Save/Bookmark

A Polícia da República de Moçambique (PRM) matou a tiro dois indivíduos cujos nomes e idades não foram revelados, por alegado envolvimento em crimes a mão armada, e um terceiro elemento está preso por tráfico de 3,6 quilogramas de cocaína. Os dois casos deram-se no último fim-de-semana, na cidade de Maputo.

O tiroteio aconteceu na rua Dom Alexandre, no bairro de Laulane. De acordo com Orlando Mudumane, porta-voz do comando da PRM, os malogrados faziam-se transportar numa viatura com a chapa de inscrição ADP 761 MC e quando se aperceberam da presença Polícia tentaram fugir e abriram fogo contra as autoridades da Lei e Ordem.

Na operação, uma arma do tipo AK47 com 14 munições foi apreendida. Supõe-se que o grupo usava este instrumento bélico para perpetrar crimes em diferentes artérias da urbe. Mudumane disse que um integrante da quadrilha se escapuliu mas há diligências em curso no sentido de neutralizá-lo.

No Aeroporto Internacional de Mavalane, a PRM deteve um cidadão de nacionalidade brasileira, de 50 anos de idade, cuja identidade não foi também revelada, acusado de traficar 3,6 quilogramas de cocaína. Mudumane não forneceu detalhes sobre este caso.

No mesmo local, a corporação impediu de entrar em Moçambique de 18 indivíduos estrangeiros por porte de passaportes com vistos falsos, falta de indicação clara dos motivos de vinda ao país, local de hospedagem e meios de subsistência.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom