12 “transportes escolares” parqueados por indisciplina na via pública em Maputo
Destaques - Newsflash
Escrito por Intasse Sitoe  
Quinta, 09 Julho 2015 07:47
Share/Save/Bookmark

Doze viaturas destinadas ao transporte escolar foram afastadas da circulação pela Polícia Municipal, há poucos dias, devido a diversas irregulares cometidas pelos respectivos automobilistas em diferentes rodovias da capital moçambicana, particularmente no Distrito Municipal KaMpfumu. Foram igualmente parqueados 58 carros particulares e quatro moto-táxis, vulgo txopelas, devido a várias irregularidades.

Ao todo foram fiscalizadas 2.623 viaturas e multados 913 motoristas. Joshua Lai, porta-voz da Polícia Municipal da Cidade de Maputo (PMCM), explicou, na quarta-feira (08), ao @Verdade, que pesou para o parqueamento dos veículos a poluição sonora, o excesso de velocidade aliado e as ultrapassagens irregulares.

Em Maio passado, a PMCM disse que que estava a intensificar a campanha de remoção de amplificadores de som nas viaturas de transporte escolar, como forma de acabar com o barulho nos veículos e os perigos à saúde das crianças que viajam nesses meios circulantes de segunda a sexta-feira.

Paralelamente, desencadeou uma outra campanha de controlo da poluição sonora em residências nos distritos municipais da capital moçambicana, ao abrigo da postura camarária, que proibido escutar música em volume alto e exagerado. O desacato da medida é punido com multas que variam de 500 a cinco mil meticais e a confiscação dos respectivos aparelhos sonoros.

Os condutores de transportes escolares, que tendem a proliferar na cidade de Maputo, em particular, protagonizam vários desmandos e, regra geral, não observam as normas de segurança dos alunos que transportam. Tende a ser corriqueiro ver crianças que dançam, inocentemente, dentro do carro durante a viagem, enquanto o automobilista, também animado com a música a um volume bastante alto, faz “gincanas” na estrada, o que um dia pode culminar com uma tragédia.

Ainda sobre as apreensões de há dias, Joshua Lai explicou que, para além do parqueamento, as autoridades retiraram três aparelhagens de som e autuaram os motoristas. “porque tocavam música a um som alto”.

Segundo o nosso entrevistado, reina a indisciplina no seio de alguns indivíduos que transportam crianças. Eles transformam as viaturas em autênticas discotecas. Lai apela aos proprietários das viaturas escolares, que confiam as mesmas a condutores que violam as regras de trânsito, para que fiscalizem o trabalho dos seus empregados. Deve-se evitar contratar gente sem avaliar a sua condução e conduta.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 3
FracoBom