Polícia recupera três AK-47, uma pistola e detém seis indivíduos no centro e norte de Moçambique
Destaques - Newsflash
Escrito por Intasse Sitoe  
Quarta, 19 Agosto 2015 08:54
Share/Save/Bookmark

Seis cidadãos apenas identificados pelos nomes de Raimundo, Vasco, Afonso, Pedro, Agir e Marcos, com idades compreendidas entre 30 e 50 anos, encontram-se presos em diferentes subunidades policiais, acusados de posse ilegal de três armas do tipo AK-47 e uma pistola, nas províncias de Sofala e Cabo Delgado.

De acordo com Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), a detenção ocorreu durante a semana finda, numa operação levada a cabo pelas autoridades com esse fim e há um trabalho visando conhecer a origem das armas e responsabilizar as pessoas envolvidas.

Ainda em Cabo Delgado, a Polícia deteve dois indivíduos cujas identidades não nos foram reveladas, surpreendidos na posse de uma tonelada de pedras semi-preciosas. Já na região sul, província de Inhambane, as autoridades detiveram um cidadão que responde pelo nome de Marcolino, surpreendido na posse de 150 gramas de soruma.

A Polícia enclausurou, igualmente, em Gaza, um jovem que responde pelo nome de Domingos, de 21 anos de idade, acusado de roubo de gado. Foram igualmente detidos 1.824 cidadãos, sendo 1.691 por violação de fronteiras, 124 por cometimento de vários crimes e nove por imigração ilegal. Da República do Malawi, a corporação repatriou 15 moçambicanos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom