Descargas atmosféricas matam em Manica
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Quarta, 07 Fevereiro 2018 07:18
Share/Save/Bookmark

Três pessoas com idades compreendidas entre 16 e 45 anos perderam a vida no passado fim-de-semana, nos distritos de Macate e Mossurize, devido a descargas atmosféricas, que continuam a ser a principal causa da morte em cada época chuvosa em Moçambique.

Em Macate, as vítimas foram um homem de 35 e uma mulher de 45, todos atingidos por descargas atmosféricas. O mesmo fenómeno matou uma adolescente de 16 anos em Mossurize.

No dia da tragédia, havia mau tempo acompanhado de trovoadas severas, segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM), por intermédio de Mateus Mindo, oficial de imprensa do Comando Provincial em Manica.

Refira-se que, até finais de Janeiro passado, perto de 20 cidadãos tinham morrido por conta da chuva e descargas atmosféricas, sendo as províncias do Niassa, de Sofala, Tete, Nampula, Cabo Delgado e da Zambézia as mais afectadas.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom