Casal detido por convidar amigo para roubar em casa do tio em Inhambane
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 20 Março 2018 07:17
Share/Save/Bookmark

Cinco indivíduos, dos quais uma mulher, pertencentes a grupos diferentes de supostos ladrões e violadores sexuais encontram-se mãos da Polícia da República de Moçambique (PRM), acusados de protagonizar roubos e violações sexuais na província de Inhambane.

Da gangue em alusão, fazem parte três cidadãos, dos quais um casal que convidou um amigo para ajudá-lo a esvaziar a casa do tio, que encontrava ausente. Os visados confessaram a crime que pesa sobre eles, mas trocaram acusações em torno do mesmo. Por sua vez, cabisbaixa, a jovem disse que convidou o seu namorado para o assalto no domicílio do próprio familiar mas não avançou as motivações.

Ainda em Inhambane, outros dois indivíduos foram surpreendidos na posse de catanas e outros instrumentos contundentes. A PRM acredita que eles são também abusadores sexuais.

Aliás, um dos implicados admitiu que, no passado fim-de-semana, estuprou uma cidadã de 36 anos de idade, depois de ter se apoderado o seus bens.

O abuso sexual aconteceu na casa da vítima, que é mãe de duas crianças. Um dos suspeitos desmentiu que tenha cometido tal acto e alegou que a catana encontrada em sua posse era para a sua própria defesa, porque, há dias, o amigo foi assaltado e ameaçado de morte.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom