Polícia realiza detenções em Maputo por posse ilegal de armas de fogo
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Sexta, 13 Abril 2018 08:00
Share/Save/Bookmark

Pelo menos sete cidadãos encontram-se a contas com as autoridades policiais da cidade e província de Maputo, alguns acusados de posse ilegal de armas de fogo e outros por terem sido surpreendidos na posse de munições.

Na capital do país, a corporação surpreendeu, no dia 05 de Abril em curso, três cidadãos identificados pelos nomes de F. Muchanga, de 18 anos de idade, e B. Hele e J. Banze, ambos de 37 anos, na posse ilegal de uma arma de fogo de tipo AK-47, nº3212, sem carregador.

O Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), que tornou pública a informação, não forneceu detalhes. No mesmo dia, a corporação deteve, na cidade da Matola, os cidadãos T. Manjate e A. Manjate, de 27 e 39 anos de idade, respectivamente, indiciados de roubo com recurso a uma arma de fogo do tipo pistola, de marca Makarov, com número viciado e sem munições.

No dia 01 do mês em curso, o Comando Distrital em Matutuine apreendeu também uma arma de fogo de tipo Mauser, calibre 375, nº890. O instrumento bélico “foi entregue voluntariamente à Polícia por populares, no âmbito da ligação Polícia-Comunidade”.

De acordo com Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da PRM, no dia 31 de Março passado, a PRM na cidade da Maxixe, província de Inhambane, privou a liberdade de A. Rafael e A. Miguel, de 29 e 32 anos de idade, respectivamente, por alegada posse ilegal de 12 munições de AK-47.

Na mesma data, no povoado de Mulepo, no distrito de Funhalouro, quatro armas de fogo de tipo caçadeira, calibre 12mm, de fabrico caseiro, foram entregues à Polícia por quatro moçambicanos, no âmbito do programa de recolha de armas de fogo em mãos alheias.

No dia 05 de Abril, a PRM confiscou na zona do rio das Pedras, no distrito de Massinga, uma tipo pistola, marca FN, calibre 7.65mm, nº266323, contendo duas munições.

O instrumento foi supostamente abandonado por um indivíduo não identificado, que se pós em fuga ao se aperceber da aproximação duma força policial, disse o Comando-Geral.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom