Polícia sem pista da criança raptada na Beira
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Quinta, 19 Abril 2018 07:52
Share/Save/Bookmark

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Sofala não dispõe de pistas nem de informações detalhadas que possam levar à detenção das pessoas que raptaram uma criança na manhã de terça-feira (17), na cidade da Beira, defronte de uma escola privada de língua inglesa onde a vítima frequenta, no bairro de Macúti.

Daniel Macuácua, porta-voz da PRM, disse à imprensa que não podia revelar a identidade da vítima, que segundo as suas palavras tem nove anos de idade e não sete, muito menos dos seus progenitores para supostamente não prejudicar a investigação.

De acordo com o agente da lei e ordem, a criança estava na companhia de outras duas e todas eram levadas ao referido estabelecimento de ensino pelo tio, de nacionalidade moçambicana.

“Não seremos exaustivo (...). Vamos deixar que a investigação prossiga”. Sobre a viatura na qual a miúda foi transportada para parte incerta, sabe-se apenas que “era de cor cinzenta”. Os supostos raptores traziam consigo uma arma de fogo do tipo pistola e uma bastão de choque, com o qual ameaçaram o guarda da referida escola, disse Daniel Macuácua.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom