Criança morre atropelada na celebração do seu dia em Mocuba
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Segunda, 04 Junho 2018 07:59
Share/Save/Bookmark

Uma criança de oito anos de idade morreu, na Zambézia, em pleno dia da celebração do Dia Internacional da Criança, depois de ter sido atropelada em Mocuba.

O acidente de viação aconteceu por volta das 18h40 da última sexta-feira (01), na Estrada Nacional número 321 (EN321), que liga a cidade de Mocuba e ao distrito de Milange.

O malogrado era gémeo e passavam algumas horas que tinha almoçado com o seu irmão, na companhia do pai, em celebração do Dia da Criança, segundo apurou o @Verdade. Depois o progenitor saiu de casa para algures no bairro, tendo sido colhido de surpresa pela trágica notícia.

O condutor que atropelou a vítima não parou no local do sinistro, mas sim, no Posto Policial de Trânsito, em Mocuba, onde se entregou às autoridade.

À luz do artigo 147, do Código da Estrada, aprovado pelo Decreto-Lei número 1/2011, trata-se de uma “contravenção grave”, que consistiu, por exemplo, na falta de “prestação de socorro à vítima”.

O automobilista, que até ao fecho desta edição continuava detido, alegou que abandonou o corpo supostamente porque temia pela vida, uma vez que nas proximidades havia muita gente aparentemente furiosa e que podia linchá-lo.

Ainda no âmbito do dispositivo acima indicado, o causador do sinistro a que nos referimos pode ser punido nos termos dos artigos 153 e 154 – que versam sobre “acidente de viação de que resulte morte” e “abandono de sinistrados”, respectivamente – e demais.

A Polícia de Trânsito (PT) em Mocuba disse que o sinistro resultou do excesso de velocidade.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom