Polícia confisca armas de fogo e em Pemba recupera centenas de munições numa lixeira
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Sexta, 08 Junho 2018 07:50
Share/Save/Bookmark

A Polícia da República de Moçambique (PRM) recolheu 13 armas de fogo das mãos de indivíduos que supostamente não dispunham de licenças para o seu uso, em algumas províncias do país, e recuperou 432 munições numa lixeira na cidade de Pemba, em Cabo Delgado.

Das 13 armas de fogo, duas são do tipo AK-47, 10 pistolas e uma shotgun, disse Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

As 432 munições achadas numa lixeira, no bairro Cariacó, na cidade de Pemba, são todas para pistolas e estavam em estado operacional. As mesmas são de “uma pistola TT33 de nove milímetros”, acrescentou Inácio Dina.

Segundo ele, foram também achadas três munições de AK-47, cinco cartucho, um carregador, uma mina morteiro e uma baioneta.

No dia 30 de Maio último, na cidade de Maputo, um cidadão encontrou uma pistola em estado obsoleto quando trabalhava na sua machamba e entregou-a à Polícia.

No dia seguinte, na província de Maputo, três indivíduos de 63, 56 e 42 anos de idade, respectivamente, foram recolhidos às celas por posse de uma pistola “com o número viciado. Eles naturais do distrito da Manhiça e não souberam explicar a proveniência da arma”, contou o porta-voz.

Na cidade de Xai-Xai, em Gaza, um adolescente de 17 anos de idade foi privado de liberdade por posse de três munições de uma AK-47.

Em Sofala, dois cidadãos de 26 e 33 anos de idade, respectivamente, caíram nas mãos da autoridades por alegada posse ilegal de uma AK-47 e uma caçadeira com cinco cartucho. Já em Manica, a PRM recuperou uma pistola com duas munições abandonada na via pública, no bairro 3 de Fevereiro.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom