Suposta traficante estrangeira de drogas cai nas mãos da polícia moçambicana
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 12 Junho 2018 08:03
Share/Save/Bookmark

Mais uma cidadã de nacionalidade estrangeira foi detida no Aeroporto Internacional de Maputo, acusada de posse de droga na sua mala de viagem. É a segunda indiciada a cair nas mãos da Polícia moçambicana em pouco mais de uma semana e a terceira em mais de um mês.

A queniana de 29 anos de idade foi surpreendida na posse de mais de quatro quilogramas de cocaína, de acordo com a Polícia da República de Moçambique (PRM).

A indiciada, cuja identidade não foi revelada pelas autoridades policiais, tinha como destino o Mali, apurou o @Verdade.

À semelhança das outras suspeitas que em ocasiões anteriores caíram nas mãos da corporação que tem como função garantir a segurança e a ordem públicas e combater infracções à lei, a cidadã jurou de pés juntos e com os olhos embebidos em lágrimas que a droga não lhe pertence e desconhece o dono.

Segundo ela, a um amigo pediu para que levasse a mala que continha cocaína – mas que para ela era vestuário – e disse que ao chegar no Mali, no aeroporto estaria alguém à sua espera para receber a bagagem.

Refira-se que, em Março passado, a Brigada de Narcóticos, entidade especializada na luta contra o tráfico de drogas no Mali, apreendeu cerca de 500 quilogramas de cannabis sativa, vulgo soruma, e deteve dois indivíduos.

Trata-se de um homem de nacionalidade burkinabe, 63 anos de idade, identificado como Mountou Sinon, e uma mulher de nacionalidade maliana, 45 anos de idade, identificada pelo nome de Maimouna Traoré, de acordo com a agência PANA, que aponta crianças de 12 a 13 anos de idades como as mais envolvidas no consumo de drogas ou no narcotráfico no Mali, representando 75 a 80 porcento.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom