Desconhecidos raptam crianças albinas no Niassa
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Quinta, 13 Setembro 2018 22:28
Share/Save/Bookmark

Duas crianças albinas de 4 e 11 anos de idade foram raptadas em dias diferentes, em casa dos seus pais, na semana passada, nos distritos de Cuamba e Lichinga, província do Niassa, por pessoas ainda não identificadas.

Os dois raptos seguem ao de Julho deste ano, na cidade de Lichinga. A vítima foi também uma criança albina, reptada numa madrugada na residência dos seus progenitores.

A Policia da República de Moçambique (PRM) garantiu que há pessoas indiciadas já detidas, o que não significa esclarecimento do caso. Sobre os últimos dois raptos, os supostos bandidos agiram como de costume: introduziram-se, sorrateiramente, nos domicílios das vítimas, levaram-nas e colocaram-se ao fresco.

A porta-voz da PRM, no Niassa, Joana Ernesto, explicou que o menor de 11 anos foi raptado à noite, no bairro de Nángala, vulgo “UP”, na cidade de Lichinga. Para lograrem os seus intentos, os malfeitores recorreram a “instrumentos não especificados” para “arrombarem a porta principal da casa dos pais da vítima”.

Em Cuamba, a criança de 4 anos também foi igualmente raptada durante a noite, povoado de Mulipa, de acordo com a fonte, que assegurou estarem em curso diligências com vista à detenção dos suspeitos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom