Polícia detém agressores sexuais de uma sexagenária em Dondo
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Sexta, 28 Setembro 2018 07:37
Share/Save/Bookmark

Dois jovens estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), no Dondo, província de Sofala, acusados de agredir sexualmente uma mulher de 60 anos de idade, nas proximidades da sua casa.

O facto foi registado na localidade Mutua, numa noite. Os suspeitos interpelaram a idosa e mantiveram cópula forçada com a mesma, de acordo com o Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Sofala, onde foram registados os procedimentos legais da ocorrência.

Os acusados colocaram-se em fuga mas não tardou serem neutralizados, porque a mulher reconheceu um dos presumíveis estupradores.

O porta-voz da PRM, naquele ponto do país, Daniel Macuácua, disse que a vítima queixou-se e ficou provado que eles cometeram a violação sexual.

Por sua vez, os incriminados confirmaram que mantiveram cópula com a anciã, mas sem violência, alegadamente porque antes houve concertação. Alegaram ainda que estavam sobre o efeito de álcool.

“Ela aceitou manter relações sexuais comigo e expliquei que éramos dois, pois o meu amigo também queria. Ela disse que não havia problemas mas tínhamos que pagar 200 meticais”, contou um dos jovens.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom