Desconhecidos assaltam, ferem e roubam na Beira
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 16 Outubro 2018 07:57
Share/Save/Bookmark

Uma pessoa ficou gravemente ferida na sequência de um assalto a uma bomba de combustível, protagonizado por 12 indivíduos armados, na madrugada da última sexta-feira (12), na cidade Beira, centro de Moçambique.

A gangue ainda não foi identificada. O caso ocorreu por volta das 02h00 no bairro do Aeroporto e a vítima foi um agente de segurança privada que estava em serviço.

Os supostos meliantes, com uma arma de fogo em punho e vários instrumentos contundentes cortantes, surpreenderam o guarda, desferiram duros golpes contra ele e amarraram-no. Ele foi socorrido para o Hospital Central da Beira (HCB), onde ficou alguns dias internando.

Acto contínuo, os bandidos destruíram o vidro frontal da gasolineira e já no interior roubaram dinheiro cuja quantia não tinha sido apurada até à publicação deste texto.

Daniel Macuácua, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Sofala, confirmou a ocorrência e explicou que, para além do ferimento ao guara e dos prejuízos causados, os gatunos destruíram o sistema de vídeo vigilância que tinha sido instalado na gasolineira.

Na circunstância, dois bombeiros do estabelecimento lesado foram igualmente molestado pelo grupo, mas, felizmente, sem males maiores. O bandidos roubaram também cheques emitidos no próprio dia do assalto, disse Macuácua.

Já na cidade de Nampula, a Polícia deteve um grupo de 30 indivíduos acusados de assassinato de pelo menos cinco pessoas durante os assaltos a residências e na via pública com recurso a armas de fogo e brancas.

A gangue é composta por presumíveis malfeitores que integravam um outro grupo de criminosos que se intitulam “os que não comem”, ao qual as autoridades imputam responsabilidades em relação ao terror que se alastra em Nampula, de há tempos a esta parte.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 16 Outubro 2018 08:11
 
Avaliação: / 0
FracoBom