Jovem preso sob suspeita de estrangular enteado em Sofala
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Sexta, 26 Outubro 2018 07:57
Share/Save/Bookmark

Uma criança de dois anos de idade, do sexo masculino, morreu por estrangulamento na semana passada, no distrito de Dondo, província de Sofala. As autoridades policiais detiveram o padrasto da vítima, supostamente por ser o autor da desgraça.

Anastácia Zeca, mãe do malogrado, garantiu que a morte ocorreu no dia 23 de Outubro. Nesse dia, ela saiu para vender pão e deixou a criança saudável com o seu marido.

No regresso, ela encontrou o filho desacordado e sem vida, a expelir saliva e sangue pela boca. Ao perguntar o que tinha se passado na sua ausência, o marido alegou que “não sabia de nada”.

A mulher disse ainda que quis perceber do companheiro como é que uma criança que deixou com vida e sã morreu de repente. O marido foi parco em palavras e limitou-se a afirmar que desconhecia s causa.

Anastácia contou igualmente que a sua relação com o marido, ora detido no Comando Distrital de Dondo, era conturbada porque ele não aceitava a permanência do miúdo na casa.

Daniel Macuácua, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Sofala, disse que uma equipa de perícia esteve no local do crime e concluiu que a criança sofreu agressão física antes do estrangulamento. Fernando Silva é o único suspeito.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom