Ciclone Kenneth fez 49 mortos em Cabo Delgado e Nampula
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 07 Maio 2019 06:45
Share/Save/Bookmark

Mapa do INGCO segundo ciclone que fustigou Moçambique em 2019 fez pelo menos 49 vítimas mortais nas províncias de Cabo Delgado e Nampula, perto de uma centena de feridos, destruiu mais de 40 mil habitações e desalojou mais de 226 mil pessoas. Surto de cólera afectou pelo menos meia centenas de pessoas na Cidade de Pemba e no Distrito de Mecúfi.

Às 41 vítimas mortais registadas até a passada terça-feira (30), 33 delas no Distrito de Macomia, juntam-se as seis pessoas que morreram soterradas pelo desabamento da lixeira municipal na cidade de Pemba, durante a noite de domingo (28) e mais dois cidadãos que perderam a vida no Distrito de Eráti, na Província de Sofala.

Dados do Instituto Nacional de Calamidades indicam que pelo menos 90 pessoas ficaram feridas na Província de Cabo Delgado e outras 3 na Província de Nampula.

Os ventos e a chuva forte que seguiu ao Ciclone Kenneth, de categoria 4, danificaram parcial ou completamente 40.710 habitações, desalojando 226.632 pessoas nas duas províncias do litoral Norte de Moçambique.

Até ao passado sábado (04) haviam sido diagnosticados 52 pacientes com cólera, 45 na Cidade de Pemba e 7 no Distrito de Mecúfi, sem nenhum óbito. Pelo menos 165 pessoas foram tratadas por diarreias com sangue nas nas Unidades Sanitárias de Pemba, Macomia e Metuge e outras 205 receberam tratamento por diarreias menos graves.

As autoridades de Saúde atenderam ainda 1.268 pessoas com malária, 621 delas só na Cidade de Pemba.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 07 Maio 2019 08:26
 
Avaliação: / 0
FracoBom