ONU vai colaborar no combate ao extremismo em Cabo Delgado
Destaques - Newsflash
Escrito por Adérito Caldeira  
Quinta, 11 Julho 2019 23:07
Share/Save/Bookmark

Foto da Presidência da RepúblicaO Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) revelou que a instituição vai colaborar com Moçambique numa “acção positiva no combate ao extremismo, no combate à radicalização” que está acontecer na Província de Cabo Delgado e que degenerou em terrorismo desde finais de 2017.

Após reunir com Filipe Nyusi, na Presidência da República em Maputo, António Guterres disse a jornalistas que, após ser informado sobre os grupos de insurgentes que há cerca de 2 anos criam terror e já mataram centenas de civis na Província de Cabo Delgado, “tive ocasião de manifestar ao Senhor Presidente de Moçambique a total disponibilidade da nossa unidade de Contra Terrorismo e Prevenção do Extremismo Violento para colaborar, como estamos a fazer com diversos países africanos, com autoridades moçambicanos nomeadamente criando as condições para que, sobretudo as camadas mais jovens da população, possam ter uma acção positiva no combate ao extremismo, no combate à radicalização e não sejam vítimas desse mesmo extremismo e dessa mesma radicalização.”

O Presidente Nyusi revelou que sendo um “combate também multilateral porque as forças são de muitas proveniências, foi interessante a experiência que o Secretário-Geral nos transmitiu no sentido combinar as forças de combate”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom