Cidadão assassina esposa por fazer planeamento familiar em Inhambane
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Segunda, 02 Dezembro 2019 21:04
Share/Save/Bookmark

Em plena campanha de activismo pelo fim da violência baseada no género um cidadão assassinou a sua esposa na Província de Inhambane, com recurso a uma catana, porque finada aderiu ao planeamento familiar.

O criminoso de 43 anos de idade, trabalhador na África do Sul, insurgiu-se contra a esposa, de 38 anos de idade, quando descobriu que ela decidiu unilateralmente iniciar o planeamento familiar dos futuros filhos do casal.

Na sequência do desentendimento o cidadão, com recurso a uma catana, tirou a vida da esposa na zona de Mahalamba, no Distrito de Inharime, na Província de Inhambane.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom