Mina anti-pessoal mata duas adolescentes na Província da Zambézia
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 17 Dezembro 2019 20:41
Share/Save/Bookmark

Duas adolescentes perderam a vida no passado 10 de Dezembro quando accionaram uma mina anti-pessoal durante a prática de agricultura no Distrito de Morrumbala, na Província da Zambézia.

O porta-voz provincial da Polícia da República de Moçambique, Sidner Lonzo, explicou a jornalistas que a mina teria sido activada pelas enxadas que as jovens de 13 e 16 anos usavam para cultivar a machamba numa zona onde não existia nenhuma instalação militar.

Este foi o terceiro artefacto explosivo registado na Província da Zambézia em menos de duas semanas, outros dois foram desactivados nos distritos de Morrumbala e Namacurra.

Durante a guerra dos 16 anos inúmeras áreas de Moçambique foram minadas pelas forças governamentais e da Renamo que causaram a morte de milhares de pessoas. Após mais de duas décadas de desminagem o nosso país foi declarado livre de minas em 2015.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quinta, 19 Dezembro 2019 20:07
 
Avaliação: / 0
FracoBom