Editor do jornal Canal de Moçambique escapa de sequestro
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Terça, 31 Dezembro 2019 19:56
Share/Save/Bookmark

O jornalista e editor do jornal Canal de Moçambique escapou de sequestro no início da tarde desta terça-feira (31) em plena Cidade de Maputo. Matias Guente resistiu a três homens armados mas foi espancado brutalmente.

Guente encontrava-se nos seus afazeres, no bairro do Alto-Maé, quando indivíduos não identificados e munidos de armas de fogo e tacos de baseball e golfe o tentaram obriga-lo à força a entrar para a viatura em que se faziam transportar. Na luta que se seguiu o jornalista sofreu algumas escoriações, tendo sido levado para uma clínica privada para receber tratamentos.

Em comunicado o MISA-Moçambique "deplora e condena veementemente a tentativa de rapto do jornalista Matias Guente" que enquadra "na sequência de outros actos de agressão ou de assassinato contra jornalistas ou dirigentes da sociedade civil, o que representa uma afronta à liberdade de expressão e à liberdade de imprensa, e em última instância à própria Constituição da República de Moçambique".

"O MISA-Moçambique apela mais uma vez às autoridades policiais, à Procuradoria-Geral da República e aos demais órgãos de administração da justiça para que investiguem este caso e que tomem as medidas apropriadas contra os agressores. Ao governo, o MISA-Moçambique apela para que sejam tomadas medidas concretas visando pôr fim à impunidade de que têm gozado indivíduos envolvidos em crimes que atentam contra as liberdades fundamentais dos cidadãos", acrescenta a instituição.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 31 Dezembro 2019 20:14
 
Avaliação: / 1
FracoBom