Sobe para 60 vítimas mortais da época chuvosa em Moçambique
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  
Domingo, 26 Janeiro 2020 22:09
Share/Save/Bookmark

Foto da DNGRHJá são 60 as vítimas mortais da época chuvosa em Moçambique que afectou mais de 65 mil pessoas em 10 províncias. As descargas atmosféricas são a principal causa dos óbitos.

Mais um óbito pelas chuvas acompanhadas por trovoadas foi registado durante a semana passada na Província de Maputo originada por uma descarga atmosférica no Distrito de Boane.

Ainda na semana finda, na Província de Sofala, as autoridades registaram outras quatro vítimas mortais, três por afogamento e uma por electrocução.

Também na Província da Zambézia o número de óbitos aumentou para 27 cidadãos elevando para 60 o número de vítimas mortais desde que a época chuvosa iniciou em Outubro último.

De acordo com o Instituto de Gestão de Calamidades Naturais a época chuvosa dentro da previsão normal, e ainda sem eventos extremos, já causou a destruição total de 2.844 habitações e deixou 8.205 parcialmente destruídas afectando 65.852 pessoas.

As autoridades indicam ainda que 639 salas de aulas foram afectadas assim como 10 unidades sanitárias, 123 postes de energia e 53 casas de culto.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 27 Janeiro 2020 08:53
 
Avaliação: / 0
FracoBom