Após o bárbaro assassinato de Mahumudo Amurane, a cidade de Nampula transformou-se num verdadeiro caos. Os problemas da urbe agudizaram-se de uma forma impressionante, mostrando claramente que as intervenções que foram feitas reflectiam indubitavelmente o projecto pessoal de Amurane. Com o seu assassinato, a edilidade do mais importante centro urbano do norte de Moçambique abandonou as suas responsabilidades, sobretudo no que diz respeito à remoção de resíduos sólidos, tanto na zona urbana como suburbana, e melhoramento das vias de acesso.

Actualizado em Sexta, 16 Fevereiro 2018 08:46
 

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

 

Os nossos leitores escolheram as seguintes Xiconhoquices na semana finda:

 

O líder da oposição do Zimbábwe, Morgan Tsvangirai, morreu nesta quarta-feira após uma longa batalha contra um cancro, gerando dúvidas sobre o futuro do seu partido Movimento para a Mudança Democrática (MDC), menos de três meses após o exército do país derrubar o líder de longa data Robert Mugabe.

 

Inesperadamente ou não, a Frelimo e a Renamo decidiram a revisão pontual da Constituição da República de Moçambique, sem antes consultar os moçambicanos através de um referendo como manda a Constituição. Mas pouco importa a consulta, até porque os moçambicanos já estão habituados a esse tipo de teatro protagonizado por actores amadores de muito mau gosto de sempre. Sem sombras de dúvidas que a preparação da revisão da lei-mãe começou a ser feita em silêncio – e em segredo, deixando de lado as outras forças políticas, a sociedade civil e o povo.

Tudo indica que a coligação Frenamo, sobretudo as suas duas equipas cravadas na Assembleia da República vão se movimentar, qual orquestra, para acomodar os interesses dos seus partidos políticos – na sua maioria, não explicado -, ao invés de resguardarem os legítimos interesses de um povo que é forçado a viver na pobreza e na ilusão de que os seus “doutos” representantes - os mesmos que regularmente se comportam quais símios quando esbarram em um cacho de bananas - cuidarão do seu destino.

 

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Actualizado em Sexta, 09 Fevereiro 2018 11:20
 

Os nossos leitores elegeram as seguintes Xiconhoquices na semana finda:

Actualizado em Sexta, 09 Fevereiro 2018 11:22
 

Os resultados da eleição intercalar para a escolha de novo presidente do Conselho Municipal da Cidade de Nampula falam por si. Os candidatos da Frelimo e Renamo foram, efectivamente, os mais votados na eleição intercalar realizada a 24 de Janeiro último, na cidade de Nampula, mas nenhum deles amealhou votos suficientes para ser declarado eleito e substituto de Mahamudo Amurane, covardemente assassinado a 04 de Outubro de 2017, na sua residência.

Os munícipes de Nampula demonstraram redondamente a sua indignação no dia da votação, não se fazendo às urnas. Ou seja, apenas 73.852 votaram (24,90%), o que significa que 222.738 (75,10%) não se fizeram ao local de votação. Esse comportamento que se pode descrever como um acto anti-político ou de falta de consciência de cidadania é, na verdade, uma forma de de participação passiva, pois é um um voto silencioso.

Actualizado em Sábado, 03 Fevereiro 2018 09:29
 

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

 

Os nossos leitores elegeram as seguintes Xiconhoquices na semana passada: