Escrito por Redação   
Quinta, 16 Agosto 2018 00:03

Hoje vamos reflectir à volta de um evento natural tratado de diferentes modos no seio da sociedade, particularmente, no contexto da zona sul de Moçambique. Trata-se de vendaval, fenómeno este que assola, especialmente, as famílias moçambicanas, devido a três (3) grandes razões, nomeadamente: a exposição ao risco, a deficiente capacidade de adaptação face à materialização do fenómeno e a deficiente capacidade de reposição. Assim sendo, com o seu decorrer observamos perdas de vidas humanas e de bens materiais, incluindo de infra-estruturas sociais.

 
Escrito por Observatório do Meio Rural   
Terça, 14 Agosto 2018 22:20

A comunicação refere as formas de penetração do capital no meio rural, sobretudo do agro-negócio, numa perspectiva de ocupação de territórios com intensificação capitalista da exploração da terra, recursos naturais e trabalho, provocando transformações nos sistemas de produção locais e gerando dinâmicas de resistência e integração dos produtores (sobretudo dos camponeses).

 
Escrito por Redação   
Segunda, 13 Agosto 2018 22:54

Actualmente existe uma gama de factores provocando mudanças nas condições ambientais e de relações entre as espécies, introduzida pela acção humana na natureza. De modo geral, os seres vivos apresentam um processo desde seu nascimento, desenvolvimento, reprodução, até a morte. Durante esse percurso, diversos factores influenciam e moldam os elementos biológicos de cada espécie ao longo do seu ciclo de vida. Daí que as interacções bióticas e abióticas das espécies com o meio ambiente em que vivem são forças que actuam no critério de sua selecção. Tais critérios, por sua vez, actuam directamente na transformação de elementos biológicos de cada espécie, definindo, por isso, as condições peculiares da sua sobrevivência no planeta. Trata-se de um problema que pouco reflectimos a respeito.

 
Escrito por Observatório do Meio Rural   
Quarta, 08 Agosto 2018 18:42

As taxas de autorização provisória e de autorização definitiva são taxas, propriamente: implicam uma contrapartida de actividade do Estado. As taxas de terras são também estabelecidas para servir de incentivo a uma política (isenções e coeficientes diferentes consoante sectores sociais e finalidades, nacionalidade dos titulares e outros).

 
Escrito por Observatório do Meio Rural   
Quarta, 08 Agosto 2018 00:11

O presente Destaque Rural tem como objectivo apresentar e reflectir sobre alguns mitos, realidades e ideias preconcebidas à volta da questão da terra em Moçambique. O postulado que a terra é do Estado, definido pela Constituição da República de Moçambique, contrasta com a existência de um dinâmico e intenso mercado de terras. A terra está entre os bens mais comercializáveis, através da compra e venda no mercado, arrendamento, empréstimo ou outro tipo de transacção, mas convive-se com esta realidade como se não existisse, fazendo dela um tabu.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 06 Agosto 2018 22:26

A escola prepara as crianças para o mundo real? Essa é na verdade uma pergunta parcialmente retórica. Tem sido muito comum entre nos, como pais e encarregados de educação, o uso da frase "estuda com afinco, tire boas notas e você encontrará bom emprego com um salário alto". Sem querer dar muitas voltas, a frase em si revela que o objectivo dessa orientação é oferecer instrução de modo que no futuro tenha oportunidades de sucesso.

Actualizado em Segunda, 06 Agosto 2018 23:20
 
Escrito por Observatório do Meio Rural   
Quinta, 02 Agosto 2018 07:27

A Estratégia de implementação de projectos de irrigação constitui parte integrante do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Sector Agrário (PEDSA), que visa contribuir para o aumento da produção e produtividade agrária, para a criação de emprego e do rendimento nas zonas urbanas e peri-urbanas, através do uso e aproveitamento sustentável dos recursos hídricos.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 38