Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sexta, 08 Dezembro 2017 08:16
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Khecilini Vicente

A jovem de 30 anos de idade, de nome Khecilini Vicente, merece mais do que pena de prisão maior pelo acto macabro que cometeu contra o seu marido. A Xiconhoca, residente da província de Tete, assassinou o próprio esposo, queimou o cadáver e, em seguida, atirou numa latrina, após permanecer com ele dois dias no quarto. Este acto bárbaro demonstra o quão psicopata é a cidadã, que agora se encontra às contas com a Polícia moçambicana. Só um indivíduo sem sentimentos é capaz de tamanha barbaridade. Nada justifica o crime horrendo praticado por esta Xiconhoca.

Governo

Definitivamente, o Governo da Frelimo perdeu as estribeiras e, de estupidez em estupidez, voltou a cometer outra estupidez, mostrando, assim, a sua incompetência. Subitamente, o Executivo de Nyusi decidiu aprovar um regulamento que alegadamente irá criar as condições na negociação, contratação e emissão da Dívida Pública, bem como das Garantias do Estado. É sabido que as dívidas que hoje sufocam os moçambicanos não foram contraídas por falta de regulamentação, aliás, foi violada a Constituição da República. Portanto, isso não passa de mais uma palhaçada para aldrabar os moçambicanos.

Millennium bim

Os bancos comerciais em Moçambique continuam a somar lucros à custa do sofrimento e até sangue dos moçambicanos. O Millennium bim é exemplo mais acabado disso. Esta instituição bancária, devido à débil situação económica que o país atravessa, cobrando taxas de juro altíssimas, obteve lucros superiores aos exercícios anteriores à crise. Ou seja, o Millennium bim obteve lucros de mais de 4,4 mil milhões de meticais só com os juros que cobrou em créditos. É caso para dizer que esta crise propositadamente provocada para empobrecer os moçambicanos ainda vai gerar dividendos para alguns gangs que se escondem por detrás de bancos comerciais.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom