Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sexta, 15 Dezembro 2017 09:32
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Governo

O Governo da Frelimo continua empenhado em tirar o pouco que resta da dignidade dos moçambicanos. Se o custo de vida já era insuportável para toda a população moçambicana, agora a situação tende a piorar. Tudo porque o Executivo de Filipe Nyusi não pára de entrar no bolso do povo para resolver os problemas que eles criaram. Desta vez, o Governo decidiu aumentar, mais uma vez às escondidas, o custo do precioso líquido em Moçambique desde o passado dia 1 de Outubro. Bando de Xiconhocas! -

SENAMI

É incrível o nível de incompetência enraizada nalgumas instituições do Estado. O exemplo mais caricato de demonstração de incompetência mórbida deu-se com o Serviço Nacional de Migração (SENAMI), onde os funcionários daquela instituição subordinada ao Ministério do Interior esforçam-se por criar entraves a quem venha visitar o nosso país. Ao invés de facilitar a emissão de vistos de turistas, funcionários arrastam durante horas a emissão de um simples vistos cujo processo consiste na leitura biométrica de um passaporte, recolha de impressões digitais e a inserção de alguns dados.

Filipe Nyusi e Afonso Dhlakama

O Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, andam a gozar com a paciência do povo moçambicano. Mais uma vez, Nyusi foi ao encontro de Dhlakama em Gorongosa para mais um conversa fiada e entreter os moçambicanos, quando se espera deles que resolvam de uma vez por todas o dossier da tensão político-militar. Ou seja, o Presidente da República e o líder da Renamo decidiram a adiar para o próximo ano (2018) paz que os moçambicanos têm estado à espera faz tempo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom