Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sábado, 25 Agosto 2018 21:08
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Polícias que violentaram médicos

A Polícia moçambicana é o exemplo mais acabado de um bando de indivíduos quadrados, que só sabem usar a força para resolver uma situação. O caso mais recente está relacionado com a agressão perpetrada contra dois médicos afectos ao Hospital Central de Maputo. Esse bando de Xiconhocas que se diz Polícia da República de Moçambique (PRM) destratou aqueles profissionais alegadamente porque negligenciaram a saúde de um paciente que morreu, cujo familiar é membro da PRM.

Perseguidores da AJUDEM

Definitivamente, estamos a anos -luz para nos tornarmos num país verdadeiramente democrático. Prova disso é a vandalização dos escritórios da Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Moçambique (AJUDEM), supostamente por indivíduos desconhecidos. Está claro que essa acção vergonhosa tem a mão dos suspeitos de constume, que já nos habituaram eleições viciadas.

Governo

O Governo da Frelimo é, sem dúvidas, um dos governos mais cómicos e insensato que existe na face da terra. Após aprovar o Decreto 40 que é na verdade um atentado a liberdade de imprensa, o Governo da frelimo veio a público reconheceu que a criação do Decreto 40 não foi precedido de consultas com os intervenientes, como aliás tem feito em toda legislação. O mais caricato é que deixou o decreto entrar em vigor. No auge da sua estupidez, decidiu criar comissão para rever as taxas que são inconstitucionais. Bando de inúteis!

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Domingo, 26 Agosto 2018 10:25
 
Avaliação: / 0
FracoBom