Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sexta, 16 Novembro 2018 18:27
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguinte Xiconhocas na semana finda:

Estevão Matsinhe e Ivo Munguambe

A retórica de que a taça de Moçambique é uma festa foi estragada na final de sábado passado pelos “gajos” do apito e da bandeirola. O árbitro Estevão Matsinhe e o seu assistente Ivo Munguambe quiseram ficar com o protagonismo, que deveria ter sido dos jogadores, e entregaram aos “canarinhos” mais um canecão. Vale-nos a consolação que pelo menos um dos Xiconhocas já não volta a apitar.

Conselho Constitucional

Hermenegildo Gamito e os seus pares avermelhados confirmaram esta semana o seu estatuto de Xiconhocas. Em mais uma eleição pouco livre, não justa e sem transparência em que o infractor saiu novamente vencedor só encontraram problemas em algumas poucas mesas do Conselho Autárquico de Marromeu. Aliás os Xiconhocas até se contradisseram pois concluíram que uma candidatura foi inconstitucionalmente invalidade contudo não encontraram razões para repetir a eleição nesse município!

Filipe Nyusi

O Xiconhoca que se auto intitula empregado do povo continua a evocar e reiterar as suas boas intensões. Esta semana voou no avião igual da Beyonce para ir colher experiencia de como não se deve gastar o dinheiro do povo particularmente aquele que vem de recursos que acabam. A ver quando sobrará do gás que ele e os xiconhocas que o rodeiam já hipotecaram mesmo sem que tenha ainda começado a ser produzido. Triste a nossa sina que os vamos continuar a aturar afinal este bando de xiconhocas anda a torrar as Mais-Valias de algum desse gás para garantir a sua continuidade no poder!

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom