Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sexta, 25 Janeiro 2019 11:09
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Autoridade Tributária

Parece que nem mesmo nas instituições do Estado se pode confiar. É o caso da Autoridade Tributária de Moçambique (AT) que de forma descarada mentiu sobre o IVA que realmente arrecadou durante o ano de 2017. A AT declarou haver cobrado 58,5 biliões de meticais, para uma meta de 56,3 biliões, no entanto o Tribunal Administrativo(TA) revelou que o IVA não atingiu a meta orçamental prevista, tendo ficado aquém, em 19,2 por cento. É caso para dizer que mentira tem pernas curtas. Bando de Xiconhocas!

Polícia

Não há dúvidas que a Polícia da República de Moçambique (PRM) é uma autêntica vergonha para os moçambicanos, e não só. No lugar de proteger os moçambicanos e prender os ladrões que têm estado a postergar o desenvolvimento económico do país, ela faz o contrário. O exemplo disso é a vergonhosa acção policial de recolha das camisetas estampadas “eu não pago as dívidas ocultas”, no âmbito de uma campanha do Centro de Integridade Pública (CIP). Xiconhocas!

PGR

A maior vergonha mesmo é a nossa Procuradoria-Geral da República (PGR). Esta instituição que deveria defender os interesses do Estado moçambicano, que tem sido defraudado impiedosamente todos os dias, tem estado do lado dos gatunos. O exemplo disso é vergonhoso pedido de extradição de Manuel Chang para Moçambique, sem mencionar a sua falta de bom senso na acusação ao jornalista Amade, e ao já falecido empresário sul-africano Hanekon. Ninho de Xiconhocas!

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom