Xiconhoca
Escrito por Redação  
Sábado, 23 Fevereiro 2019 17:28
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Assassino do filho

Definitivamente, já não se fazem pais como antigamente. Um Xiconhoca de 45 anos de idade, que neste momento se encontra, detido é exemplo disso. O sujeito assasinou a própria filha de um ano, na cidade de Tete, durante uma das várias discussões com a esposa. A miúda sofreu golpe com recurso a um instrumento contundente e teve morte imediata. Xiconhocas desta espécie deveriam ser severamente punidos com uma pena capital.

Autoridades policiais

As nossas autoridades policiais são uma verdadeira comédia. Assistimos, através dos meios de comunicação social, um exercício hercúleo por parte dessa bando de Xiconhocas para proteger a imagem (o rosto, diga-se) dos corruptos que colocaram o país numa situação económica lastimável, mas quando se trata de cidadãos comuns os sujeitos fazem questão de mostrar o rosto a imprensa. Bando de improdutivos!

Cidadão que vendeu filho

Há com cada Xiconhoca! O cidadão que tentou vender o filho é, sem sombras de dúvidas, a pior espécie de Xiconhocas. O sujeito, que agora está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), no distrito de Nicoadala, província da Zambézia, é acusado de anunciar a venda do próprio filho, pela quantia de 10 mil meticais. Definitivamente, já não se fazem pais como antigamente.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom